Marcela & Edgar

.

2leep.com

CAIO CASTRO ENTREVISTA




16/07/2010 , Entrevista com Caio Castro: ele conta tudo sobre o Edgar, de Ti-ti-ti

Após sair de Malhação, Caio Castro abandonou seus lindos cachinhos e o visu adolescente para encarar um personagem adulto e bem resolvido na próxima novela das sete, Ti-ti-ti, que estreia nesta segunda (19). Nessa entrevista super, o gato conta tudo sobre o seu novo papel e as mudanças que aconteceram em sua vida após Malhação. Confira!

Fale um pouquinho sobre o Edgar, seu personagem em Ti-ti-ti.

Caio: "Ele tem entre 26 e 28 anos, é um homem seguro, tem uma agência de modelos, e tem uma sócia, que é a Luisa (Guilhermina Guinle). Eles são amigos há oito anos, e desde sempre tiveram uma relação de romance..."

É uma amizade colorida então?

Caio: "É, uma amizade colorida. E ela não quer casar. E aí ela me apresenta a Camila (Maria Helena Chira), pra eu ter uma noiva e me casar, e ele tem uma vida muito tranquila: ele tem esposa e tem amante. É uma situação confortável pra ele, até que surge a Marcela (Ísis de Oliveira) pra acabar com isso e dar uma mexida na situação. Ela chega pra destruir o conforto dele. Mas ele é maduro, ele é muito homem, é culto... A gente é bem diferente (risos), e pra mim é um desafio, muito difícil..."

A diferença já começa no visual, né? Você abandonou os cachos?

Caio: "Pois é, cortei, e ainda deixei um pouco de barba. E a roupa ajuda muito na transformação, pra eu me sentir mais velho. Mas acho que vai ser um trabalho de composição diária, dia após dia. Eu não tenho referências prontas, porque ele é muito acima de mim... Ele é muito mais maduro, e eu só tenho 21 anos. Ele tem vida de casado, então, é outro mundo..."

E esse figurino do Edgar tem a ver com você?
Caio: "Eu me sinto mais velho com esse figurino, e eu sou moleque: eu ando de camiseta, chinelo e bermuda! Eu não vou crescer junto com o personagem não (risos). Não agora! Eu não quero, porque gosto muito da minha idade."

E como é sair de Malhação e cair numa novela das sete?

Caio: "Eu fiquei muito feliz com o convite. Eu estava almoçando em casa e o telefone tocou: aqui é o Nelson produtor, o Jorge Fernando (diretor) quer falar com você... E ele disse: estou com um papel aqui e queria saber o que você acha de fazer a novela nova? Eu disse: beleza, vamos lá! Eu fiquei muito animado, e depois parei pra pensar: uma novela das sete e um papel bom... Mas aí procurei não pensar no peso que isso ia ter, porque senão você acha que vai ser difícil, e realmente, acontece que você trava, não consegue se soltar e nem produzir aquilo que poderia. Então, tô tentando ficar tranquilo, me empenhar a cada dia, e fazer aquilo que eu sempre fiz: cada dia melhor, e tendo um empenho cada vez maior."

Qual a experiência que você traz de Malhação pra esse trabalho?

Caio: "Eu trago tudo, tanto no plano pessoal quanto profissional. É o meu primeiro trabalho com um grande responsabilidade, você tem que tomar cuidado na hora, e fora dali também. São duas coisas que andam muito juntas: vida pessoal e profissional. E desde o começo foi um aprendizado pra mim, eu vim muito cru: então, desde câmera, se posicionar pra luz, comportamento em set, bater texto, então, tudo foi um grande aprendizado e sou bem grato ao pessoal que teve paciência de me ensinar..."

Deixou muitos amigos em Malhação?

Caio: "Sim, sempre fica a saudade e tal... Mas todo mundo mora perto e eu tô sempre ali... O Humberto Carrão é muito amigo meu. A gente fez uma amizade muito bonita, e ele está na novela também. Então, estamos felizes!"

Depois de fazer por dois anos o personagem Bruno, você não vai sentir saudades?

Caio: "Dois anos num personagem só, cria um afeto. Então, você fica preso por esse afeto acima de tudo. Mas quando eu comecei aqui, o Jorge Fernando (diretor) disse: você vai pegando o jeito e vai crescendo. Então, eu cheguei aqui “neutraço”.

Não mudou nada na sua vida desde que começou a fazer tevê?

Caio: "A única coisa é que eu fico surpreso com o assédio. É gozado você sair na rua e ser reconhecido, as pessoas quererem tirar foto... Te vêem na rua e choram... Claro, isso era um público mais teen, na época de Malhação. Agora, não sei se vai continuar isso, se vai ter essa fidelidade delas, mas já me disseram que agora é mais calmo...

Hoje, pensando na sua atuação em Malhação, você faria algo diferente?

Caio: "Cara, não! Eu tenho certeza que sai de Malhação totalmente realizado. O caminho que eu fiz, olhei pra trás e falei: uma fase da minha vida realmente completa e boa, bem feita!"

Foi uma fase de diversão ou trabalho, ou os dois?

Caio: "Os três: trabalho, diversão e aprendizado. Foi uma fase muito boa da minha vida em relação a tudo. Morei sozinho durante dois anos e quatro meses, eu tava vivendo uma vida de gente grande... Vivendo um sonho!"

O que você já tinha feito antes disso?

Caio: "Eu já fui garçom, já fui officeboy, já fiz decoração de interiores, já trabalhei com minha tia, trabalho desde os 14 anos. Tudo começou porque eu queria comprar um videogame e eu falei: eu vou trabalhar e vou comprar. E aí você começa a trabalhar, sente aquele "poder" de independência, e aí não parei mais... "

Com quantos anos você está agora?

Caio: "Com 21 anos, completei em janeiro."

Fonte: todateen


 

Entrevista com Caio Castro!


Ele adora surfar, acredita no pensamento positivo, curte skate e não dispensa um bom reggae no MP3. Já dá pra perceber, logo nos primeiros momentos de conversa com Caio Castro, que ele é um garoto do bem, tranquilão. Apesar da rotina agitada, ele continua o mesmo cara que deixou São Paulo para viver no Rio de Janeiro e fazer o papel de Bruno, em Malhação. Não que sua vida não tenha mudado: na verdade, mudou tudo. Mas ele não troca o hoje pelo ontem. "Minha vida sempre foi ótima. A diferença é que agora tenho um trabalho, gosto do que eu faço e consigo viver disso", comenta o gatinho.

Querer é poder

Caio nunca tinha trabalhado como ator até participar dos testes no Caldeirão do Huck (lembra?). Mas como ele é do tipo que acredita naquilo que quer, não ficou intimidado pela falta de experiência e deu tudo certo. "Me inscrevi pela internet e mandei umas fotos. Tinha lido o livro O Segredo e fiquei pensando nisso, acreditando que ia conseguir. Até hoje continuo levando a sério o livro", conta. Prova disso é o crescimento de seu personagem em Malhação, que foi ganhando espaço e agora é um dos protagonistas da novela.




Caio fala de amor
Quando fizemos a sessão de fotos para a tt, o gato ficou naquelas de não falar muito sobre o namoro com a atriz Sophie Charlotte, a Angelina de Malhação. Mas confessou que apesar de não ser meloso, sabe ser romântico. E já que estamos falando de romantismo... Confira o que esse fofo pensa sobre beijo, conquista e cia.!


tt: Como foi seu primeiro beijo? É importante no relacionamento?

Caio: "É o principal. Lembro que eu tinha sete anos e estava na primeira série. Nem sabia o que estava fazendo. Eu pedi pra namorar a menina. Ela mandou um bilhetinho dizendo 'sim'. Foi num passeio. No ônibus a gente 'ficou' e beijou bastante. A galera ficou falando 'eles estão beijando'. Nem contaram pra professora. 'Botaram o maior pano'. Parceirões (risos)."


tt: O que uma garota precisa para conquistar você?

Caio: "A menina tem que ser ela mesma, tem que ser pura, do bem."


tt: Tem que ser arrumada?

Caio: "Gosto de menina mais largada, que não se preocupa com maquiagem. Não que eu não goste disso também. Mas adoro uma sandalinha rasteirinha, uma blusinha, uma saia largada e um dread nos cabelos. Dread é muito legal. É uma sina que eu tenho (risos). Dread no cabelo é brabo! É ponto pra ela."


tt: Gosta de meninas ousadas ou daquelas que você tem que investir, conquistar?

Caio: "Prefiro as mais discretas, que percebem que estou dando mole e correspondem. Mas se for ao contrário, ela der mole e depois eu me interessar, também vale."


tt: Você ficaria com uma fã? Já aconteceu depois que você ficou famoso?

Caio: "Acho que não teria problema, não. Já fiquei com fã, mais no começo, quando não era tão conhecido. Porque é diferente. É um tanto estranho as pessoas gostarem de você sem te conhecer...Você nem conhece e as pessoas já te amam! Mas no começo, quando era só Caldeirão (do Huck), dava pra tirar uma ondinha (risos)."


tt: E o que precisa para uma ficante virar namoro?

Caio: "É uma parada que não dá para correr. É algo que te prende pelo lado bom, cada dia você quer mais. É uma sintonia forte que rola. Só de olhar você já sente uma parada diferente. Não tem como negar. Tem que ser."


tt: Você daria chance para uma menina que não está dentro dos padrões de beleza?

Caio: "Tem que ter dois fatores para eu ficar. Tem que ser bonita para me agradar, mas não é só isso. Tem que ter um interior bom, uma boa cabeça. Enfim, é ser bonita por dentro e por fora."
Fonte: todateen


ENTREVISTA EXCLUSIVA COM CAIO CASTRO

FAMOSIDADES


Se em "Malhação" ele já era disputado por várias mulheres, em "Ti-Ti-Ti" ele continua assim - e com um visual muito mais irresistível do que nunca. Caio Castro tirou os cachos, deixou a barba crescer, se aperfeiçoou como ator e conquistou seu caminho para Edgar, um dos protagonistas da nova novela das 19 horas da Globo.

Sobre o novo visual, ele não tem do que reclamar: "Eu estou adorando! Para mim são 20 minutos a menos no banho [risos]". Em conversa com o Famosidades, Castro relembrou o início da carreira, quando foi descoberto no concurso "Casal Malhação", do "Caldeirão do Huck", e ainda se mostrou um menino de fé: "Eu sou muito crente em Deus e acho que cada um tem o que merece. Não querendo me gabar, longe disso, mas sou um cara de bom coração, e me cerco por pessoas iguais a mim, sem maldade, amigos mesmo".

Em "Ti-Ti-Ti" ele é um cara que tem tudo na vida, mas aprende com Marcela (Ísis Valverde) o que é o amor - e percebe que ele vale a pena. Mas e Castro? "Estou namorando a novela agora. Não dá, é muita cobrança, muita 'responsa'. Preciso me entregar 100%."

Essa tal "responsa" ele sentiu quando percebeu que é, atualmente, uma das grandes apostas da emissora. Em troca, Castro busca um trabalho de qualidade e se aperfeiçoar cada vez mais. "Primeiramente eu quero me surpreender, e depois os outros. Acho que pelo investimento e confiança da emissora, é o mínimo que posso fazer. Só posso retribuir com um trabalho de qualidade".

Boa pinta, gente boa, sincero, coração aberto. Este é Caio Castro. Quer conferir o papo na íntegra? É só acompanhar nas próximas páginas:


FAMOSIDADES - Você ficou três anos em "Malhação" como Bruno. A despedida foi mais doída do que você imaginava?

CAIO CASTRO - Foi, muito. Na última cena não era parava eu chorar, na verdade. Mas eu não aguentei. Era engraçado porque tinha gente que estava fazendo figuração há um dia e me olhava com uma cara de pena [risos]. Todos no estúdio estavam assim. Mas na real foi um sentimento contrastante. Eu estava triste por deixar um trabalho como "Malhação" para trás, mas realizado por já estar em uma nova etapa. Foi tudo muito louco.

Bruno foi seu primeiro trabalho na TV e fez com que você conquistasse uma legião de fãs. Você acha que agora com "Ti-Ti-Ti" elas vão continuar te acompanhando?

Ah, fã que é fã acompanha. Uma vê, fala pra outra, que fala pra outra e assim vai indo. E outra: elas devem estar adorarando "Ti-Ti-Ti".

E você acha que tem alguma coisa de semelhança com o Edgar?

No geral, nada mesmo. Peguei só algumas referências pessoais para compor o Edgar.

A grande diferença entre Edgar e Bruno, por enquanto que a novela está bem no começo, é o visual. Você gostou do novo corte?

Eu estou adorando! Para mim são 20 minutos a menos no banho [risos]. O corte foi bom para acabar com aquela imagem de menino, cabelo de cachinhos. Acho que fiquei mais homem.

E tem mulher no pedaço? Você está namorando?

Estou namorando a novela agora. Não dá, é muita cobrança, muita "responsa". Preciso me entregar 100%.

Por falar em entregar 100%, você é uma das grandes novas apostas da emissora. Você sente este peso?

É uma responsabilidade enorme, e a vida cobra, né? Mas eu estou correndo atrás e acho que estou no caminho certo.

Divulgação/Rede Globo

Você começou nesta carreira no concurso "Casal Malhação", do "Caldeirão do Huck" (foto ao lado). Como foi que decidiu se inscrever para o programa?

Cara, eu mesmo que mandei minha inscrição. Eu estava em casa na boa e resolvi mandar uma foto. Acabou que deu certo, né? No total, foram mais de 25 mil inscritos, e no final seriam escolhidos um homem e uma mulher. Acabou que escolheram dois homens.

E dá para acreditar que você já conseguiu chegar até aqui?

Olha, eu sou muito crente em Deus e acho que cada um tem o que merece. Não querendo me gabar, longe disso, mas sou um cara de bom coração, e me cerco por pessoas iguais a mim, sem maldade, amigos mesmo. Claro que já "quebrei a cara" por ser assim, mas com os erros que a gente aprende.

E depois que você ganhou o concurso, viu sua vida mudar. Você teve dúvidas que queria aquilo para o futuro?

Quando rolou de o concurso dar certo, eu me vi com a faca e o queijo na mão. E resolvi encarar. Fui atrás de cursos e aulas e procuro sempre me desenvolver como ator cara vez mais. Quando eu estava em "Malhação", mesmo quando era uma cena pequena, eu gostava de passar o texto com a coach [preparadora de texto].

Você é muito crítico?

Sim. Acho que todo mundo se analisa demais. Eu cobro de mim e não dos outros, para eu me sentir bem. Primeiramente eu quero me surpreender, e depois os outros. Acho que, pelo investimento e confiança da emissora, é o mínimo que posso fazer. Só posso retribuir com um trabalho de qualidade.

E durante este tempo entre a saída de "Malhação" e "Ti-Ti-Ti" você ficou de férias?

Fiquei mais ou menos um ano bem tranquilo, mas não parado. Faço faculdade de Psicologia em São Paulo, mas agora está trancada. Minha vida não tem muito cronograma. Eu mudo muito, por isso que é bem difícil concluir [o curso].

A gente não pode deixar de citar a leva "Malhação" que está em "Ti-Ti-Ti": você, Humberto Carrão, Carolinie e Sophie Charlotte. Fora Bianca Bin em "Passione". Como você vê essa conquista no trabalho deles?

É uma delícia gravar a novela por isso também. Mas todos merecem muito. Eles se destacavam pelo talento, empenho. Por isso que acho que "Malhação" continua uma grande escola para quem começar nesta profissão.

Para finalizar, uma curiosidade: você ainda faz festa de debutante?

[Risos] Já fiz muito e ainda faço. Pô, já fiz uma festa que tinha 300 debutantes em Betim, Minas Gerais. Foi engraçado porque, por contrato, a gente vai, dança e depois de um tempo vai embora. É contratual isso. E nesta festa eu fiquei um booom tempo, porque precisava tirar foto com cada uma das 300 debutantes!

Fonte: Msn


Entrevista com Caio Castro

Nos bastidores de Ti-ti-ti, Caio Castro vem sendo chamado de “o novo José Mayer” por estar sendo disputado por três mulheres. Edgar, o personagem que interpreta, é noivo de Camila (Maria Helena Chira), tem um caso com Luísa (Guilhermina Guinle) e apaixona-se por Marcela (Isis Valverde). O ator, de 21 anos, saiu de Malhação no início do ano e em menos de três meses de novela é um dos galãs do momento. “O Caio é um desses fenômenos de carisma e empatia imediata que raramente se vê. Ele é bonito, viril, tem garra e sabe como olhar e abraçar uma mulher”, elogia a autora da trama das 7, Maria Adelaide Amaral.

CONCURSO NO CALDEIRÃO

O passaporte para a carreira artística veio por acaso, por meio de um concurso no Caldeirão do Huck, da Globo, no qual concorreu com 25 mil candidatos à vaga de Casal Malhação. Durante dois meses, ele deixou a capital paulista, para fazer os testes no Rio de Janeiro. “Sabia que ele iria vencer”, afirma o pai, que foi o único que sabia da participação do filho na disputa. Caio perdeu algumas aulas, mas a performance foi tão boa que o diretor Ricardo Waddington aprovou dois homens na final. “Além de ser lindo, ele é uma explosão de carisma”, diz Waddington.
Mau humor de monstro
O ator teve apenas duas namoradas: uma em São Paulo, quando ainda não era famoso, e a atriz Sophie Charlotte, quando atuaram em Malhação. “Caio é uma pessoa muito positiva. Nós nos afastamos um pouco depois que terminamos, mas o carinho continua. Torço muito por ele”, diz Sophie, que hoje namora o ator Malvino Salvador. Atualmente, Caio está sem namorada, mas confessa que sempre pintam umas “amizades coloridas”. Ao contrário de seu personagem em Ti-ti-ti, o ator diz que não admite traição. “Não perdoo. Sou muito orgulhoso. Se traiu, acabou, mesmo que esteja muito apaixonado. Traiu, beijo e não me liga”, afirma.

Caio diz que um dos maiores obstáculos para conviver com ele é enfrentar seu mau humor matinal. “Detesto que me acordem. Sou um monstro de manhã. Intratável”, admite. A dificuldade em acordar explica também o mau desempenho nos tempos de colégio. “Fui expulso várias vezes. Não era bom aluno”, conta. “Ele aprontava, mas não era de briga, nunca fez mal a ninguém”, defende a avó paterna, a manicure Isaura Henriques Barbosa do Souto. “Ele me acompanhava quando ia fazer as unhas nas casas das clientes. Sempre muito educado”, garante dona Isaura. O neto famoso não quer que a avó trabalhe mais. “Mas ela não me escuta”, reclama Caio.
Quando tem folga, ele viaja para São Paulo para matar a saudade da família, principalmente do irmão por parte de pai, Enzo, de 3 anos. “Adoro o moleque”, conta Caio, que tatuou o nome do irmão no braço esquerdo. Ele também tem um dragão no braço direito, um símbolo que significa proteção na perna esquerda e as iniciais da mãe, do pai e da avó paterna na direita.

Fonte: portalpower
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

DHIVANNA 2011

A minha fotografia
Marcela e Edgar se apaixonam devido a convivencia entre o casal. Os dois deixam crescer um sentimento que não é bem visto sobre olhar de alguns vilões como Luisa que fará de tudo para separar o jovem casal.